mensagem ao leitor

Obrigado por sua visita

segunda-feira, 30 de março de 2020

Seduc publica Portaria que regulamenta uso de recursos tecnológicos durante período de suspensão das aulas presenciais

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) publicou, nesta segunda-feira (30), Portaria que institui, no âmbito da Rede Estadual de Ensino, o regime especial de realização das atividades curriculares não presenciais, nas etapas e modalidades da Educação Básica, com vistas a dar prosseguimento ao cumprimento do calendário escolar.
O documento atende a Resolução n° 94/2020 do Conselho Estadual de Educação (CEE-MA), publicada no Diário Oficial de sexta-feira (25), que orienta a realização de atividades pedagógicas não presenciais durante o período de suspensão das aulas em virtude da propagação do COVID-19.
De acordo com o a Portaria nº 506, de 30 de março de 2020, a organização do regime especial de realização das atividades curriculares não presenciais, propostas para no ano letivo de 2020, durante a suspensão das aulas presenciais, considerará os objetos de conhecimentos disposto no documento Curricular do Território Maranhense e nas Orientações Curriculares vigentes, visando garantir aos estudantes as aprendizagens essenciais de cada etapa e modalidade da educação básica, exceto da educação infantil.
O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, destacou que a Portaria regulamenta e orienta a equipe escolar para utilização dos recursos oferecidos pelas tecnologias de informação e comunicação, ambientes virtuais de aprendizagens, metodologias ativas, e outras ferramentas que favoreçam o processo de ensino e aprendizagem das atividades não presenciais.
“Temos a missão de garantir que as pessoas fiquem em casa e, ao mesmo tempo, oferecer atividades para que estudantes se mantenham aprendendo e os professores desenvolvendo suas atividades. Nesse sentido, estamos produzindo conteúdo pedagógico que será transmitido pela TV Assembleia, Rádio Timbira e plataforma virtuais”, disse Camarão.
Na rede estadual o período de suspensão das aulas não será considerado como férias.A Seduc orienta que as escolas que tiverem condições de usar os instrumentos pedagógicos não presenciais deverão fazer e caso sejam utilizados de acordo com a resolução CEE e a Portaria do órgão, os dias letivos poderão ser contabilizados, desde que seguidos os critérios de monitoramento, controle de frequência e avaliação.
Já as escolas que não puderem utilizar os instrumentos pedagógicos não presenciais, terão seus calendários letivos adaptados quando do retorno das aulas. Nesse momento, essas unidades de ensino devem informar e justificar para sua respectiva Unidade Regional de Educação (URE) ou diretoria do Iema ou Adjuntoria (conforme o caso), no prazo de três dias. A URE, por sua vez, irá informar à Secretaria Adjunta de Gestão da Rede e Aprendizagem (SAGEA) para controle e futura elaboração do calendário.
A Seduc orienta que os conteúdos ministrados durante o período não presencial podem e devem ser revisados quando do retorno das aulas. As escolas que não puderem utilizar na sua totalidade os recursos pedagógicos disponibilizados, poderão usá-los como atividades complementares durante esse período.Nesse sentido, os artigos 4º e 5º da Portaria nº 506 elencam os principais instrumentos, atividades e rotinas que podem ser utilizadas nesse período.
Aulas TV e Rádio
Durante o período de suspensão das aulas presenciais, a Seduc, em parceria com a TV Assembleia e Rádio Timbira, disponibilizará conteúdos educacionais para os estudantes do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, sendo que, este conteúdo já começa a ser exibido pelas transmissoras a partir desta segunda-feira. Nesse primeiro momento, a TV Assembleia irá veicular os conteúdos referentes ao Ensino Fundamental e Médio das 8h às 10h15, com reprise das 13h45 às 16h. Já as aulas veiculadas pela Rádio Timbira serão das 16h às 18h.
Cabe destacar que o regime especial de realização das atividades curriculares não presenciais, nas etapas e modalidades da Educação Básica, atualmente, tem vigência até o final do período de suspensão das aulas presenciais, decretada pelo governador Flávio Dino, até 03 de abril de 2020, podendo ser prorrogado de acordo com as orientações das autoridades de saúde.
Confira a Portaria Nº 506, de 30 de março de 2020, na íntegra, disponível no site da Seduc.


Fonte: Seduc
Data: 30/03/2020

segunda-feira, 16 de março de 2020

Comunicado: suspensão das aulas na rede pública estadual

WhatsApp Image 2020-03-16 at 18.40.39Por determinação do governador Flávio Dino, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que, a partir desta terça-feira (17 de março de 2020), estão suspensas as aulas nas escolas da rede pública estadual, incluindo IEMAS, por um período de 15 dias.
A medida integra um conjunto de esforços que estão sendo realizados pelo Governo do Estado, assim como toda a sociedade, como forma de conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19) no Maranhão.
A Seduc ressalta que a equipe de Gestão da Rede e Aprendizagem reajustará o calendário escolar, para que não haja prejuízos ao ano letivo dos estudantes.
Por fim, a Seduc destaca que o comitê Estadual de Prevenção e Combate à Covid-19, instituído pelo governador Flávio Dino, segue acompanhando rotineiramente a situação em todo o país e monitorando rigorosamente o Maranhão, que até o momento não tem caso de coronavírus confirmado.
Fonte: Seduc
16/03/2020

“Vamos ter a liberdade que há muito tempo não tínhamos”, diz estudante de Escola Digna em Gov. Newton Bello

????????????????????????????????????
A antiga sala de aula do estudante Eduardo Serra Mendes
Em um pequeno espaço improvisado para funcionar a sala de aula, o depósito de livros e o acesso a dois banheiros, o estudante do 8º ano, Eduardo Serra, 13 anos, recebeu da professora de produção textual sua última tarefa de casa naquele ambiente: escrever uma redação com o título “A importância da liberdade”. Ele e os colegas da Escola Municipal Vereador Jaime Telles, no povoado Londrina, em Governador Newton Bello, estudaram até terça-feira (10) na antiga escola, um dia antes da inauguração da unidade do ‘Escola Digna’ na localidade.
“Nessa escola aqui tem pouco espaço. As séries são juntas. O que dificulta muito pra gente aqui. Isso dá um problema no ensino. E lá [Escola Digna] a gente vai ter a oportunidade de dividir as séries, o ensino vai ser muito melhor, a gente vai aprender mais”, comentou Eduardo, que dividia a sala com os outros colegas do 7º ano do Ensino Fundamental.
Ao falar da expectativa sobre a nova Escola Digna, disparou: “Eu sinto muita alegria de poder estudar com prazer. Naquela escola vou poder estudar com prazer, porque lá vai estar tudo arrumado, grande e limpo”, enfatizou após se despedir dos alunos e do professor na antiga escola.
Nova sala de aula de Eduardo Serra na Escola Digna
Nova sala de aula de Eduardo Serra na Escola Digna
Na última quarta-feira (11), dia da inauguração, Eduardo levantou bem cedo e chegou às 5h30 na nova escola, levando em uma das mãos um papel dobrado com um texto de 25 linhas escrito à mão, conforme pediu a professora. Na redação, falou de vários tipos de liberdade: a de expressão, das mulheres, dos animais e, concluiu fazendo referência à Escola Digna.
“E por último, vamos ter a liberdade que por muito tempo não tínhamos, com salas apertadas e séries juntas, e que pra ir ao banheiro ou beber água, passávamos por outras salas, mas agora temos a liberdade de estudar na melhor escola digna, que tem tudo o que a gente precisa”, concluiu o garoto.
A nova escola de Eduardo Serra possui quatros salas de aula, banheiros adequados e adaptados para pessoas com deficiência, pátio amplo e coberto, cozinha totalmente equipada, dependências para secretaria e diretoria, e um poço para abastecimento da escola e a comunidade.
A escola é uma das 4 unidades do Programa Escola Digna construídas em Governador Newton Bello, município que integra o Plano Mais IDH, estratégia do Governo do Maranhão para reduzir a extrema pobreza e as desigualdades sociais no estado, com foco em municípios de menor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM).
Entre as ações e políticas públicas já desenvolvidas em Newton Bello estão: restaurante popular, regularização fundiária, restaurante popular, a primeira quadra poliesportiva coberta do município, entre outras.
Mais fotos:
Fonte: Seduc
13/03/2020

terça-feira, 10 de março de 2020

Governo fará entrega de escola digna em Governador Newton Bello, nesta quarta (11)

Fachada da Escola Manuel José Da Silva, que será entregue no povoado Barracão de Madeira, em Governador Newton Bello
 Seguindo o cronograma de entregas de 16 unidades do Programa Escola Digna no mês de março, o Governo do Estado inaugura, nesta quarta-feira (11), mais três escolas para as comunidades dos municípios de Buriticupu e Governador Newton.  Para a construção e requalificação dos espaços, foram investidos aproximadamente R$ 3,6 milhões que serão transformados em mais qualidade para aprendizagem de 2.410 alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio.

Em Gov. Newton Bello, serão entregues nos povoados Londrina e Barracão de Madeira, respectivamente, duas unidades construídas em substituição às estruturas precárias onde funcionam as aulas. Cerca de 300 estudantes serão atendidos pelas novas escolas nos dois povoados. Cada uma tem quatro salas de aula, banheiros adaptados, cozinha, ambientes para secretaria e diretoria, pátio, entre outros, totalmente equipados.
  • O QUÊ: Inaugurações das Unidades do Programa Escola Digna
  • ONDE: Governador Newton (povoados Londrina e Barracão de Madeira) 
  • QUANDO: Nesta quarta-feira (11).
  • HORÁRIOS:
Governador Newton
9h – Povoado Londrina (Escola Municipal Vereador Jaime Teles)
10h30 – Povoado: Barracão de Madeira (E.M Manuel José Da Silva)

Convocação de Cadastro Reserva - Zé Doca


A Unidade Regional de Educação de Zé Doca convoca os professores seletivados de acordo com o PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL 004/2018, Cadastro de Reserva para os Centros Educa Mais. Os convocados devem comparecer à Unidade Regional de Zé Doca no prazo de 48 horas, contados a partir da publicação da convocação.
Segue os nomes dos convocados:

Disciplina Física
NEILA GOMES MOTA
RAIMUNDA ANTONINA LOPES FIGUEREDO
Disciplina Biologia 
PAULA DANIELLE FARIAS DOS SANTOS
Disciplina História
EDINALDO FERREIRA AIRES