mensagem ao leitor

Obrigado por sua visita

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Exame Nacional de Certificação de Competências de Jovens e Adultos abrirá inscrições

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa aos interessados que serão abertas, do dia 8 a 18 de agosto, as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), cujas provas serão aplicadas no dia 8 de outubro.
Este ano, com as mudanças no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), o Encceja volta a ser usado como meio de certificação, também, para o Ensino Médio, para os jovens que tenham no mínimo 18 anos completos até a data da prova. Também continua como meio de certificação de conclusão do Ensino Fundamental, para quem têm no mínimo 15 anos completos até a data de realização das provas.
A participação no Encceja é voluntária e gratuita, destinada aos jovens e adultos residentes no Brasil e no exterior, inclusive às pessoas privadas de liberdade, que não tiveram oportunidade de concluir seus estudos na idade apropriada. A prova será aplicada em todo o país e o diploma é validado pelas Secretarias de Estado de Educação de cada estado.
Para o Ensino Fundamental, serão aplicadas provas de Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação. Já no caso do Ensino Médio, apenas para os brasileiros residentes no exterior, serão aplicadas provas de: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação; Matemática e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Essas áreas do conhecimento foram estabelecidas a partir do currículo da Base Nacional Comum, de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s).
Para se preparar para o Exame, o Inep disponibiliza em sua página (no endereço eletrônico: portal.mec.gov.br/encceja) o material didático pedagógico de apoio aos participantes e professores. Todos aqueles que tenham realizado o Encceja Nacional em anos anteriores e não obtiveram média para aprovação na área de conhecimento, poderão inscrever-se novamente no exame para eliminação do componente curricular desejado, caso tenham interesse.
Fonte: Seduc

Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário passará por uma análise da redação brevemente será publicado